3 de fev de 2011

Desabafo(parte 3)


5 anos de blog.


3 eliminações,sempre precoces do Corinthians na Libertadores.

Em 2006,quando saiu fora para o River Plate.

Em 2010,quando fiz esse post emocionado(AQUI).

E agora em 2011.

Três eliminações muito diferentes.

A primeira, contra o time argentino, vinha seguido de um título brasileiro. Possuíam um ótimo time, mas caíram por alguns erros individuais.

No ano passado a que eu me orgulhei. Orgulhei de ser eliminado como fui, do jeito que eu fui, do modo como terminou. Os jogadores davam raça em campo ,disputavam todas as bolas possíveis.

Esse ano eu, realmente, não sei o que aconteceu. A base era quase a mesma, mas a exemplar dedicação não aconteceu. Exceto, como sempre, o dedicadíssimo Jorge Henrique, que busca todas as bolas, apesar de não ter a melhor das qualidades técnicas.

Neste momento não existem palavras para descrever a atual situação.

Mas vou repetir o que disse quando o Brasil foi eliminado da Copa do Mundo.

Novamente,não há um culpado. Um ganha, todos ganham.Um perde, todos perdem.

Agora não me venham com essa de que a culpa é de Ronaldo, de Tite, de Ramírez.

Não é. Ramírez, aliás, foi expulso porque entrou com sangue nos olhos. Determinado a vencer.Certo que houve falta de experiência, mas ele foi com vontade de ganhar.

Diferente dos outros, que não jogaram como Corinthians.

Não representaram o manto.

E mais uma vez, percebemos que Libertadores e Corinthians não combinam.

O ano segue.

Mas não vejo mais clima para uma continuidade de trabalho de qualquer jogador ou profissional.

Resta esperar.

1 comentários:

Soham disse...

Não assisti os jogos, mas essa eliminação deve ter causado surpresa até no Tolima. São coisas que acontecem no futebol, mas acho que vacilos como o da última rodada na Série A de 2010 (quando uma vitória sobre o rebaixado Goiás colocaria o Corinthians diretamente na fase de grupos da Libertadores) também não deveriam passar despercebidos.

Abraços,
jogadadefeito.blogspot.com